14/06/2019

Liberte a criatividade que existe dentro de você

Começando esse texto com uma frase clichê, mas verdadeira: “ A criatividade é a inteligência se divertindo! ”. A própria palavra já diz CRIAtividade, capacidade de CRIAR, inovar, transformar e enxergar além. E acredite! Todos nós somos criativos! Basta estimular suas habilidades, partindo de 3 princípios básicos: novidade, variedade e desafio crescente. Por isso, um ambiente de aprendizagem precisa ser dinâmico, motivador e criativo!

Se liga nas 7 dicas para você libertar o seu “eu” criativo:

  1. Mantenha a mente aberta: Para surgir ideias inovadoras é necessário ser curioso, buscar conhecimento e conviver com a diversidade e diferenças;
  2. Aviste o problema: Antes de resolver o problema, você precisa enxergá-lo. Ache a pergunta ideal para a resposta que esteja buscando. Como? Se questione e abra novas janelas de possibilidades;  
  3. “Aplauda” suas ideias: Não tenha vergonha de falar sua ideia, mesmo sendo maluca, rs. A gente sabe que, às vezes, o bloqueio criativo aparece… e é normal! Mas, persista e confie na sua intuição. Pegue uma folha e anote todos os seus “insights”, desenhe, escreva, rabisque e parta para ação. Valorize e divirta-se em cada etapa do processo!
  4. Faça conexões com ideias antigas: Quer exercitar sua criatividade? Então combine ideias aleatórias…De início pode parecer que não exista nenhuma relação ou encaixe. Quando “voilà”! Tudo pode fazer sentido!
  5. Use e abuse da emoção: Aproveite seu “mood” – estado de ânimo – para elevar o seu nível de criatividade. Os sentimentos podem se tornar agentes motivadores e o trabalho criativo atua como se fosse uma terapia auto administrada. Massa, né?
  6. Pratique a ginástica cerebral: Alimentar novidades é essencial. Preserve conexões em suas atividades! Conheça gente nova, vá a lugares diferentes e leia assuntos diversificados. E deixe a criatividade fluir…
  7. Memória de trabalho: Também conhecida como memória de curto prazo. É responsável pelo armazenamento temporário e sequência simultânea de informação. Portanto, o criativo depende, da memória de trabalho, de significados emocionais, reprodução de objetos/ações e também pensar em diferentes técnicas para chegar a um mesmo propósito. Exercitar seu cérebro vai te ajudar em tudo isso! Surpreenda-se…

É hora de se jogar e libertar a CRIAtividade. Você vai ver como tudo ficará mais bonitão, feliz e divertido!

Voltar